Reflexivos são pessoas que dão grande valor a idéias, a inovação, a conceitos, a teorias e ao pensamento de longo prazo. Tendem a obter satisfação do mundo das possibilidades, tendências e hipóteses. É mais estimulado e pessoalmente recompensado pelos esforços na solução de problemas do que na implementação de soluções.

São tipicamente pensadores rápidos e profundos. Demonstram boa capacidade de antecipar situações ou eventos. Sua tendência é ver as situações sob uma perspectiva ampla, dirigindo sua atenção para as implicações mais remotas de qualquer ação tomada.

Referencial de tempo: voltados para o futuro, comprometidos com mudanças e possibilidades de longo prazo.

Os Reflexivos tendem a  
– Ser rápidos e profundos nos seus pensamentos – Ser imaginativos, originais
– Ser conceituais – Ficar absorto em pensamentos
– Ser orientados para o futuro – Ver primeiro o “Cenário Global”
– Ter grande diversidade de interesses – Gostar de investigações teóricas
– Ver as inter-relações entre as partes – Propor idéias únicas e inovadoras
– Desprezar detalhes
 

Pontos Fortes dos Reflexivos

 
– Visionários – Originais
– Solucionadores de problemas – Intelectuais
– Hábeis em desenvolver novas direções, novos caminhos – Ver primeiro o “Cenário Global”
– Catalisadores que inspiram outros a pensar “fora da caixa” – Conceituais
– Criativos – Tenazes
– Estratégicos

 

Os Reflexivos podem ser vistos pelos Não Reflexivos como

Muito teóricos Sem foco, dispersivo
Não realistas, pouco práticos Vivendo no futuro
Desligados Vivendo em seu próprio mundo
Sonhadores Relutantes em lidar com o presente
Dogmáticos Indiferentes

Preferências dos Reflexivos

Gostam de: Não gostam de:
Descobrir novidades Estrutura rígida
Trabalho criativo Trabalho minucioso ou repetitivo
Discussões teóricas ou filosóficas Fazer acontecer
Coisas diferentes Precipitação
Explicar Coisas iguais

 

Fonte: Kienbaum Brasil – Professores: João Mendes e Vicky Bloch